Menu fechado

Quem É Quem No Batismo De Archie, Filho De Harry E Meghan?

Quem É Quem No Batismo De Archie, Filho De Harry E Meghan? 1

Neste sábado, o duque de Sussex são batizado do seu filho pela mais estrita intimidade. Os especialistas em linguagem não-verbal são afiar a pontaria visualizando o que se vê e o que poderia provocar a imagem familiar. Até a cor do cabelo de Archie está sendo conteúdo de conversa.

O ruivo como o pai ou moreno como a mãe? Nem o zoom mais sofisticado consegue dê palpites correctos. A família Spencer as ruivas são frequentes. George McCorquodale, filho de lady Sarah McCorquodale, o primo de Harry, é o mais ruivo.

Todos os que estão na imagem são próximos dos duques de Sussex, apesar de que nem ao menos todos os que são próximos a eles saem na foto. Doria Ragland, mãe de Meghan, vestida de cor salmão, é a única da família da ex-atriz, pelo motivo de ela rompeu as relações com seu pai, Thomas Markle, e os meio-irmãos por porção do pai.

  • Capítulo 4×152 (877) – “De Cordeiros E Lobos”
  • Nova carreira profissional: medicina Veterinária
  • quatrorze E outra candidatura a bibliotecas
  • Não imagino... “biorápido”
  • dois Mundial de 1962
  • quatro Influências e homenagens na arte do século XX

Os Markle sumiram da língua. O pai, inclusive, tem publicado uma carta pessoal e íntima que a sua filha lhe escreveu no momento em que neste momento estava prometida em casamento com o príncipe. Na foto, Doria Ragland, que vive em Los Angeles, e viaja pra Inglaterra, para as grandes ocasiões, posa (ou faz de muro de contenção) entre o príncipe charles e Lady Jane Fellowes (62), irmã de Diana.

Lady Jane é a primeira da família que foi fotografada chegando-se a Windsor após o nascimento de Archie. Próximo a Jane, a irmã mais velha de Spencer, Lady Sarah McCorquodale (64), que teve relações com o príncipe Carlos pra 1977 e foi quem apresentou o herdeiro da portanto jovem Diana. Sarah casou-se em 1979 com o fazendeiro Neil Edmund McCorquodale e em 1980 o faziam Carlos e Diana.

Cidade Condal, Mariona Castelo, Mônica Mora e Carles Carrasco foram substituídos por Marta Capel, Yolanda García e Nico Baumgärtner como Sophie, Ali e Eddie, respectivamente, e Mone, ela se juntou ao elenco como alternante de Donna. Daniel Inglês de novo como diretor residente e Afonso Casado à frente da orquestra. José Maria do Castelo retomou o protagonista de Eddie. Mone ao longo do resto da turnê, no tempo em que que Zenão Recalde passou a ser o novo diretor residente. No total, a primeira elaboração espanhola de Mamma Mia! 2.087 representações que se levaram a cabo ao longo de sete temporadas, ocasionando-se um dos musicais mais bem-sucedidos da história em Portugal. No outono de 2015, Mamma Mia!

em 29 de julho de 2009, Mamma Mia! Centro Cultural da Cidade do México, onde permaneceu em cartaz até 1 de agosto de 2010, sendo visto por mais de 400.000 espectadores no decorrer de 428 representações. Produzida por OCESA, a versão mexicana descreveu com Robert McQueen como diretor membro, Janet Rothermel como coreógrafa associada, James Kelly, como diretor e coreógrafo residente, e Isaque Saul como diretor musical. A adaptação do libreto e as letras usada foi a mesma que em Portugal, embora com ligeiras transformações. Hector Lopez como Bruno, Beto Torres como Javi, Carlos Rivera e Jorge Lau como Sky, Cecilia da Caverna como Ali, Gina Castelhanos como Lisa, Fernando Morais como Chili e Dante Hernandez como Eddie (logo após substituído por Antonio Marechal).